segunda-feira, 14 de janeiro de 2008


Tiro certeiro

Sonho de antes de ontem... Dormi tarde e acordei tarde... Sonhei muito, vários sonhos quebrados, mas vou narrar o mais emocionante e contínuo :

"Era uma lanchonete com várias paredes, quase formavam um labirinto. Não lembro exatamente quem estava comigo, mas haviam pelo menos 3 pessoas.
Eu estava na porta da lanchonete fazendo nada. Do outro lado da rua notei a presença de 2 homens. Estavam armados. Logo que vi que estavam de posse daquelas armas eu já percebi que o meu objetivo era matá-los e dessa forma, salvar a minha vida.
Tratei de me esconder atrás de um murinho que se localizava perto de um toalete. Um fuzil calibre 12 apareceu na minha mão. Eu não estava tenso de jeito nenhum, tudo estava em ordem na minha cabeça.
((Pula-se alguma parte que esqueci))
Ainda no murinho, eu estava esperando que o primeiro capanga surgisse. Assim aconteceu. No milésimo seguinte eu já tinha atirado em seu peito e me colocado a espera do segundo. Este foi mais difícil: recarreguei a 12 ((clec)) e atirei na barriga do maldito, que resistiu. Ele tinha uma espécie de mini-pistola, não sei exatamente. Começou a se contorcer e a apontar a arma para mim, ela era ridiculamente minúscula, mas eu tinha certeza que faria um estrago. Tentei recarregar o fuzil novamente, mas o sistema travou, minha mão não ia para trás, não ouvi nenhum "clec". Merda! Sem mais alternativas, peguei uma faquinha de cozinha que encontrei no chão ((um milagre, só pode ser)) e golpeei o capanga na barriga, bem no lugar do tiro. Aquilo formou um corte muito estranho. Fatal.
Depois de tudo isso fiquei preocupado com minha integridade moral perante aqueles corpos. Todos me olhavam horrorizados, com muito desprezo. =/"

Nesta noite ainda sonhei com a reforma do viaduto de minha cidade, com natação e com uma dança com a Isa... Foi tudo muito breve, não me lembro de detalhes...

Pessoal, boa noite, bons sonhos e muito obrigado àqueles que estão frequentemente comentando os meus sonhos e aos que simplismente visitam meu blog! Obrigado de verdade e me desculpem pelo atraso de algumas postagens!

11 comentários:

isaa disse...

Agora eu entendo os efeitos da bebida em sonhos...

dançando e rodando, dançando e rodando...

bjokaaas!

Flash House Blog disse...

deu até medo de seu sonho !! nunca quero ler seus pesadelos .
Brincadeira o post é legal e o blog tambem , não é a primeira vez que visito e com certeza tambem não é a ultima
Abraço

Xapadão disse...

Mto bom

Carla Moraes disse...

Haha
Que sonho bizarro!
Parabéns pelo blog!
E obrigado pelo comentário!

=**

Daah disse...

Cara, escreva um livro um dia, por favor?
promete?

rs

Bjo!

Sidcafeína disse...

Bem loko esse sonho...

Maiara Mascarenhas disse...

Eu comentei com a minha mãe sobre teu blogue, ela achou curioso que tu lembres tão claramente dos teus sonhos.

Victor H. La Quay disse...

sonhos nem sempre tão concretos , são os melhores de se contar .

Blog bem interessante , te linkei e sempre que puder estarei passando aqui e tendo uma boa leitura ;]

abraços

Anônimo disse...

o seu sonho foi emocionante...^^
parece algo tipo homens de preto com aquela amr minuscula e poderos^^
adoro seu sonhos...eles são os melhores...e os mais brisantes...os mais viajantes
mto bom os sonho de hj ;)
bjooooooo

Dragus disse...

Sonho um pouco violento.

E um adendo: não é fuzil, mas espingarda. =p

Apesar de ficar curioso se existe fuzil com esse calibre, mas creio que não tenha por causa da relação entre potência dos cartuchos e a quantidade de repetições, logo, a arma explodiria ou não poderia ser carregada por seres humanos. =p

Henrique Mine disse...

ei...
eu ti indiquei a um premio la no meu blog blz?
espero que goste
abraço